Script de Backup para Google Drive no Linux

O problema

Com 5Gb de espaço grátis, o Google Drive pode ser uma boa opção para backups simples de servidores pequenos e desktops.

Nós vamos utilizar o Grive para suporte ao Google Drive e um pequeno script que você pode usar para ajustar às suas necessidades.

! Este é um artigo antigo (2013). É possível que o conteúdo esteja desatualizado.


Convertendo documentos (ODT, DOC to PDF) no PHP com Unoconv / LibreOffice

O problema

Converter arquivos .doc, .odt, .docx para .pdf, ou entre si (.docx para .odt, por exemplo) com o PHP.

A solução

Para solucionar o problema instalaremos o Unoconv, ferramentas de linha de comando do LibreOffice e construiremos uma classe em PHP.

! Este é um artigo antigo (2013). É possível que o conteúdo esteja desatualizado.


Guia de início rápido para usar CDN na sua aplicação

CDN (Content Delivery Network) são servidores distribuídos através da internet que oferecem seu site não apenas com redundância, mas através do caminho mais próximo do seu cliente.

Este serviço é utilizado por grandes websites e empresas. Mas podemos utilizar parte destes serviços de graça para acelerar nossos sites e aplicações. Vamos aprender como.

! Este é um artigo antigo (2013). É possível que o conteúdo esteja desatualizado.



Protegendo e licenciando seu código PHP code: PADL - PHP Aplication Distribution Licensing

Mesmo trabalhando com software livre, várias vezes necessitamos proteger nosso código.

Existem aí boas ferramentas (proprietárias) para isto, a que utilizo é o Ioncube.

Mas, se precisamo pisar mesmo no mundo proprietário, é preciso utilizar licenças com expiração, limitar por máquina, domínio, etc.

Nisto somente as ferramentas proprietárias fornecem, mas são caras (o próprio Ioncube).

Pesquisando sobre o assunto, encontrei uma classe antiga, mas muitíssimo bem feita. Atualizei o código, apliquei padrões de código e documentação e "renasceu" a PADL: PHP Aplication Distribution Licensing.


Do SQL para NoSQL/MongoDB: Repensando sua vida de desenvolvedor

Vivemos anos num mundo massivamente relacional, armazenando nossos dados em bancos de dados relacionais, usando SQL para encontrar, criar, atualizar e excluir dados, e o pensamento de armazenar dados invariavelmente caía neste paradigma. Mas a internet cresceu exponencialmente, necessidades diferentes surgiram e os bancos relacionais começaram a não se adequar a muitas necessidades de projetos que não podem ser pensados durante anos e ficarem como estão durante outros tantos anos.

Então, novos tipos de abordagem de armazenamento surgiram e mexeram com a supremacia relacional. E com a vida dos desenvolvedores. Neste artigo vou discutir um pouco meu histórico para chegar no MongoDB como base de armazenamento para projetos.